"Meu Deus, me dá cinco anos. Me cura de ser grande!" (Adélia Prado)

21 junho 2006

Silêncios necessários

(...)

1 Comments:

Anonymous Naira Dias said...

Eu que não ouso quebrá-lo!

terça-feira, 11 julho, 2006

 

Postar um comentário

<< Home