"Meu Deus, me dá cinco anos. Me cura de ser grande!" (Adélia Prado)

29 abril 2006

Dicas para aproveitar idas na locadora

1. Já faça uma listinha prévia de filmes que quer locar e nunca pergunte a algum atendente se determinado filme é bom ou ruim. Eles sempre vão dizer que o filme é o máximo mesmo não tendo assistido a fita.

2. Não fique procurando apenas por filmes inteligentes (mesmo que sejam norte-americanos). A idéia aqui não é crescer interiormente depois do filme de arte. Lembre-se que seu objetivo é sentir uma união com a maioria da raça humana. Vá logo para a seção de lançamentos e pegue filmes de astros famosos, filmes tão idiotas que você apagará da sua mente em menos de 24 horas.

3. Vá com um par. Vídeo-locadoras não são lugares para você andar sozinho. Todos andam em pares. Se não tiver namorada/o, peça para o seu irmão ou irmã ir contigo ou pague um indigente na rua para ir com você. Sempre vou sozinho e me sinto muito só. Além do mais, um dos grandes prazeres destes lugares é você convencer o/a outro/a levar o filme que VOCÊ quer.

4. Os dias ideais para ir à locadora são os do fim de semana, se estiver chovendo, aproveite. De que adiantaria você ir na terça de noite, com todos os filmes disponíveis? Ir a vídeo-locadora é tipo uma caça, uma disputa entre os outros sócios. Tem que ter uma adrenalina, uma esquema competitivo. Quando você vê que tem alguém lendo a sinopse em uma capinha, você fica escondido atrás da prateleira, de tocaia, e aproveita pra pular sobre o filme assim que ela se distrair.

5. Leve uma série de documentos - cartão de banco, de crédito, certificado de reservistas, certidão de nascimento, comprovante de renda e de residência, PIS... Há uma grande burocracia, pois as pessoas acham que você faz parte de uma gangue cujo objetivo é roubar filmes usados.

6. Participe de todo o tipo de promoção oferecida, do tipo pegue 20 vinte filmes para ver entre sábado e domingo e ganhe desconto de R$ 1,00 uma locação. Ignore certas pessoas que insistem em desmascarar essas promoções e nos provar que não vale a pena. Que gente estraga prazer! Nós sabemos que estamos sendo enganados, mas queremos ser enganados!

7. Atrase para devolver. Num tempo de crise, salários pingados, em algum momento da vida você tem que sentir esbanjando dinheiro. Deixe os filmes em cima da televisão e não devolva, porque não deu tempo de ver.

8. Se os filmes são entregues num saco plástico... na hora de devolver, fique com o saco para você. Você sentira uma vitória pensando que passou a perna nos donos de cadeias multimilionárias de filmes ficando com o saco plástico, que usará no lixinho da cozinha!